quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Desafio! 38º Dia! Pé na estrada!

Oi pessoal! Pensa numa pessoa que estava feliz e serelepe! Postando cedo né!? É porque eu to de malas prontas pra São Paulo. Chegando lá eu mando novidades, espero que boas. Hoje o meu dia todo se resume em "Dormir" "Acordar" "Dormir" "Acordar" ainda bem que queima calorias, né!? 

# Resumo de ontem!

* Nike Kinect Training: 30min19seg, Treino Cardiovascular , -140kcal , 33 exercícios, 326 de desempenho  (me mantive acima dos 300 yay!)
* Dance Central 3: 1h34min41seg 225 kcal Fácil, desafio DCI completado! Liberei jogadores novos! =)
* Academia: Devido a minha super dança sem parar no DC3 eu deixei a academia de lado pra arrumar as malas!

Resumo alimentar de ontem:

Já que eu não vou pesar no FDS porque eu só vou me ater a minha balança que vai esperar por mim, pesei hoje e o resultado foi esse:

Obrigada balança, por ser tão bondosa comigo depois de um dia como esse, depois de comer me mostrar esse peso. Enfim na casa dos 78!

# Mudando de assunto... 

Hoje eu vou falar de desapego. Nada de dietas, ou ânimo. Ontem eu tive mais uma decepção imensa na minha vida. Eu vi que ninguém nunca vai ficar do meu lado sabe. Que eu posso fazer tudo certo e sempre vão arrumar um motivo, que seja mentiroso, pra criarem uma confusão. Já fui agredida moralmente, fisicamente não fui por pouco, ameaçada, humilhada, expulsa de casa, marginalizada (lesbica, prostituta e vagabunda... esses foram os termos, entre outros como porca, etc e talz). Tentei me erguer, longe de tudo e de todos. Fiz minha parte, respeitei as pessoas por mais provocações que recebesse. Ai o que acontece?! Tem que ter merda, saca. Eu sábia que eu não devia ter entrado naquela casa de novo. Eu não devia ter chegado nem perto daquele lugar. Mas eu fui ser boa e cai nas armadilhas das mentiras que arrumaram. 

Agora mais uma indisposição com a minha mãe, mas uma vez eu percebo que pra todo mundo eu sou o monstro sem coração que tem que levar tudo calada na cara, como eu fiz 10 anos da minha vida. Não mais. Eu vou abrir mão da pessoinha que eu mais amo nessa vida, porque ter ela por perto infelizmente significa ter a família dela por perto. Vai doer muito, muito mesmo... Que expliquem pra ela, espero que com a verdade, o porque de eu ter me afastado. O que nunca vão fazer... eu sempre vou ser a "ruim" da história. 

Mas o jeito é praticar o desapego, por mais que doa... chega de ficar vivendo de pessoas que só me decepcionaram sabe... Não vou ser mais a menina que fica trancada no quarto, chorando, comendo, me sentindo a pior pessoa do mundo e tentando ajudar quem não merece. Eu quero continuar sendo essa Andréia que se supera a cada dia... Que vem feliz contar que meu esforço deu certo... To tão cansada de ver minha mãe chorar e tentar consertar infantilidade dos outros... to tão cansada de ver meu pai com a pressão baixa vomitando até alma de preocupação. Hoje era pra supostamente ser um dia feliz. O dia que eu to indo rever amigos em São Paulo, mas vai ser o dia que eu vou entrar num ônibus preocupada, com o coração na mão, pensando em voltar pra casa... Espero que eu consiga me desligar um pouco disso... que eu consiga me dar férias.


E com esse pensamento eu me despeço, chega de desespero, chega de coisas ruins que só me machucam... bem vinda a Andréia fria, egoísta que precisa se colocar mais que nunca em primeiro lugar... porque meu tempo tá contado... logo eu vou estar só... então tenho que aprender a andar com as minhas próprias pernas.

Metas pro ano novo?!
Emprego, faculdade, emagrecer, viagens. 

Até amanhã! E eu faço todas as minhas visitas a vocês quando eu chegar em sampa.
Beijos, e desde já agradeço o apoio de vocês. Juro que é a ultima postagem sobre essa história.

17 comentários:

  1. Andreia, já estive em posição parecida, com a diferença que a pessoa nociva era meu sangue,a pessoa que me colocou no mundo.
    As vezes tanto nós quanto as outras pessoas precisamos desse espaço pra ter um pouco mais de perspectiva.
    Acredite, se distanciar vai fazer bem pro crescimento da relação de vocês.
    As vezes precisamos amar a distancia.
    E enquanto isso, foque em se amar assim, bem de pertinho!:)

    Beijo Beijo e muita força!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. você é linda, já te disse isso!? hehehe

      Excluir
  2. Parabéns pelo novo pesinho força ai bjs

    ResponderExcluir
  3. Poxa Andreia, nem sei o que te dizer. É tão complicado essa coisa de ter que conviver com pessoas ruins e ainda ouvir tudo calada. Acho que o mais importante você está fazendo: cuidando mais de você. Física e emocionalmente. Eu não sei detalhes da situação, mas acho que você não deveria se distanciar da sua mãe, já que ela é tão querida com você. Pensa numa forma de vê-la sem que essas pessoas saibam. Assim você não perde a convivência com uma pessoa tão importante. Espero que sua viagem seja boa, que você consiga se divertir!

    Melhoras aí, viu?!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Oi Andreia,
    Muito chato isso que você está passando.
    Mas concordo com você.
    É preciso fazer um saneamento básico em nossas vidas.
    Tirar pessoas que não nos trazem crescimento e que só nos prejudicam, independente de quem sejam elas.
    Muita força!
    E parabéns pelo emagrecimento!

    ResponderExcluir
  5. O querida, que barra hein. Força pra passar por essa! Converse vc com a pessoinha e explique tudo com carinho, eles são anjinhos que sempre entendem tudo! Um beijao e aproveita sua ida a Sampa!
    Vivi

    ResponderExcluir
  6. Olha, Andreia, eu não sei bem o que aconteceu, mas tenho um exemplo pra te mostrar. Eu eu minha mãe brigávamos muito, todo dia, era grito daqui e dali, ela me falava um monte de coisas, era bem ruim, eu chorava todos os dias, entrei numa deprê e tudo. Hoje, morando a 3h de carro da casa dos meus pais, nossa relação é linda, ela me liga todos os dias, nunca mais nos desentendemos, ela ficou mais compreensiva, uma outra pessoa.

    Resumo da ópera, às vezes esse espaço se faz necessário para que a convivência seja melhor, para que os laços sejam refeitos e, dessa vez, mais fortes e bonitos.

    Boa viagem, lindona, você, desde já, é uma vencedora, te admiro bastante.

    ResponderExcluir
  7. Oi querida, não sei qual é a tua situação, mas cada vez que venho pra casa dos meus pais, sou obrigada a conviver com o outro filho deles, que já me agrediu de diversas formas possíveis, tanto verbalmente quanto fisicamente. Eu simplesmente ignoro, não olho na cara, finjo que não ouço, e sabe qual foi a minha maior vitória sobre ele? As filhas dele me adoram e me consideram a tia favorita, ele simplesmente tem que engolir isso. É isso que eu faço, penso que eu nunca fiz nada de errado e o resto do mundo que foda-se. Fica bem viu e aproveita as pessoas que te querem bem, pois quem te quer mal não merece o teu pensamento. Ah, pode pular essa pesagem viu. Beijo beijo.

    ResponderExcluir
  8. Oi, Andréia! Em primeiro lugar, não acho q se amar em primeiro lugar seja egoismo ou sinônimo de alguém frio. Nada disso. É sinônimo de alguém saudável e maduro. A gente só ama o outro qndo se ama na medida certa. A gente só pode ajudar o outro qndo se ajuda. E em segundo lugar, muito provavelmente qndo vc fizer isso, qndo vc se priorizar, as pessoas tb vão fazer o mesmo. É o q a gente tá careca de saber: a gente só é amado de verdade qndo se ama. Ou seja, vc só será valorizada qndo se valorizar em primeiro lugar. Cuide-se, curta suas férias, descanse e se ame. MUITO. :*

    ResponderExcluir
  9. Andreia querida do meu coração,
    dá vontade de e dar colo quando te leio as vezes.
    eu tb cortei relação com uma pessoa da minha família, sei como é difícil.

    MAs saiba que vc não vai conseguir ser fria, tá?
    A gente é o que é e ponto.

    :)

    E eu gostei de você assim. MAs quero que você se proteja para não sofrer mais.

    Boa viagem!
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi andreia!Boa vijem viu! espero que seja uma viajem bem tranquila!!
    e nada de desespero.. conta tudo quando voltar! Bjuuus
    # torcendo por vc!

    ResponderExcluir
  11. Flor, familia é bem dificil mesmo, eu j passei por isso, mas temos que nos amar em primeiro lugar,

    Bjs e fique bem

    ResponderExcluir
  12. Olá Andreia.
    Em primeiro lugar, vou animar o teu dia: parabéns pelos 78 kg! Já era tempo, não é? :) Toda essa dieta e exercício tinham de dar resultado, o teu esforço está a ser óptimo.
    Agora, vamos a assuntos sérios. Foi muito estranho ler o teu post sobre desapego. Fiquei triste por estares a ser magoada por alguém tão próximo (da tua família?) porque acho que ninguém merece isso, sobretudo das pessoas de que gostamos. Tive a sorte de nunca ter problemas graves dentro da família, mas já passei por situações em que tive de me desapegar com pessoas que eu considerava bons amigos...aquelas pessoas por quem eu fazia muito, de quem ouvia tudo, a quem contava tudo, que nunca esquecia de ver todas as semanas. E, no entanto, descobri que não era nada para elas, e que me esforçava e dava para nada. Também sofri, como tu. Também me refugiei na comida. Mas acho que nunca serve de nada. Esse desapego de que falas não é egoísmo: é simplesmente deixarmos aqueles que não nos apreciam e focarmo-nos naqueles que realmente merecem. E não há mais racional que isso. Só precisamos de não pensar. Acredita que não fazes nada de mal com essa atitude, a dor e a culpa só te magoam a ti. Evita-as.
    Um beijinho, força e desculpa o mega comment.

    ResponderExcluir
  13. Querida Andreia... estou de volta!! rs
    Pôxa, que chato isto que está acontecendo com vc e sua família! Mas muitas vezes, se afastar do que faz mal é a melhor solução. Dói, eu sei (já passei por algo parecido), mas se vc não cuidar de vc, quem cuidará?! Se amar não é egoísmo, é auto estima... isso sim!!
    Olha, parabéns pela sua determinação e resultados, viu!!
    E como assim vc está em Sampa city? Onde? qual bairro?? Fica até qdo?
    Bjns
    :)

    ResponderExcluir
  14. O que vem fazer nesta terra poluída e cheia de trânsito!?

    Quer trocar comigo não? Eu vou para Goiânia! rs

    Todo post seu eu penso eu comprar um xbox com kinect de novo! *.*

    Deixo um pedacinho da musica do Aliados para você:

    "Vamos pensar numa vida nova
    Vamos pensar em ser feliz
    O que você tem daqui não leva embora
    Desapegar pra ser feliz
    Eu sei que a dor pra sair demora um tempo
    Mas eu te entendo e por isso eu estou aqui

    Em tão pouco tempo temos muito que aprender
    Pra saber que quando acaba, acaba e faz crescer"

    Beijão!

    ;*

    ResponderExcluir
  15. Oi flor, parabéns pela pesagem e boa viagem.. que você aproveite Sampa por nós duas..kk
    Família é sempre um caso delicado, só eu sei o que eu já passei com a minha, hoje em dia tento nem dar tanta moral, porque no fim a unica que sai machucada sou eu!
    Mas então amiga tenta não pensar nisso agora, relaxa e curti a viagem!
    Beijoss!!

    ResponderExcluir
  16. Oi Andreia vi o seu blog no desafio boa menina 2013 e vim conhece-la um pouquinho. Parabéns pelo peso novo e aproveite muito sua viagem ;D
    Já estou te seguindo...
    bjos

    ResponderExcluir

Obrigada por me acompanhar! Se seu blog não estiver nos meus favoritos, me avise! Juntos em busca de uma vida saudável! =)