quinta-feira, 2 de julho de 2015

Vida Na Inglaterra - Breve Resumo....

Oi gente! Como estamos?! Por aqui tá tudo bem, graças a Deus!

Eu ando numa saga de procurar emprego esses tempos, tenho me inscrito em várias vagas e feito várias entrevista e ao que parece talvez uma deles dê certo! #DedosCruzados . Eu sei que é totalmente fora do assunto de emagrecer do blog, mas vou tirar esse post pra falar um pouco sobre a vida no Reino Unido (UK), mais especificamente aqui em Liverpool, Inglaterra.


#VIDA NA INGLATERRA - Como tudo funciona?!

Pra quem não sabe o Reino Unido é formado por 4 países. Inglaterra, Escócia e País de Gales e uma parte da Irlanda (Irlanda do Norte). Eu, tenho um visto de Residência temporário, válido por 5 anos, que me permite morar e trabalhar em qualquer um desses países assim como livre circulação entre eles.

Pra trabalhar, além do visto com especificação de trabalho, você tem que ter o número do Seguro Nacional, sendo uma mistura de CPF com a previdência do Brasil. É aonde vão recolher seus impostos e te dar os direitos como seguro desemprego, treinamentos, entre outros. Quando você se cadastra para ter o seu NINo (National Insurance Number), você tem a opção de pegar um benefício de 3 meses para te ajudar a arrumar um emprego. Esse benefício seria pra cobrir os seus gastos com vestimenta, transporte, etc. Como eu não fiz o uso do benefício (tô deixando pra hora que apertar a situação - como uma poupança) eu não sei o valor exato que é disponibilizado por mês.  Mas acredito que seja algo em torno de 300 libras ou mais.

O custo de vida no Reino Unido é bem baixo. Aqui há muito o costume de dividir casas como em republicas, levando o gasto de vida por mês com tudo incluso (água, luz, internet, alimentação, etc) por volta de 300 libras. Pra quem prefere um apartamento/flat só para si, a média de aluguel de 1 a 2 quartos pré mobiliados é de 350 a 600 libras (cozinha completa com panelas, talheres, fogão, geladeira, mesa + quarto com cama e guarda-roupa).

O bilhete de trem é um caso a parte. Liverpool é dividido em 3 zonas. Bilhete pra 1 zona é por volta de £2.75 ida e volta. Pra 2 zonas £3.75, pra todas as zonas £3.95 ida e volta. Você também pode comprar o "Saveaway" ou "Day Saver" pelos mesmos £3.95 que te permite utilizar as linhas de ônibus juntamente com o trem. Todos os bilhetes não tem restrição de horário, sendo o de ida e volta podendo ser usado somente nesses dois cursos (um pra ir, outro pra voltar), e o Saveaway podendo ser utilizado o dia inteiro, quantas vezes for necessário, tanto nos trens quanto nos ônibus. Nas entradas e saídas das estações você valida o ticket. Há também a opção de bilhetes semanais ou mensais que tem descontos imensos, se eu não engano o por mês chega a dar mais de 15 libras a menos no total. (PS: Valores podem variar, porque tudo depende da distância percorrida, essas são baseadas a partir da estação mais próxima da minha casa)

O gasto de supermercado para uma pessoa é por volta de 100 libras mensais. Aqui eles vendem muitas coisas congeladas a preços ridículos, com qualidade excelente. Uma lasanha, por exemplo, de meio quilo custa £0.89 . Muita gente opta por não cozinhar, e vive desses pratos prontos (que tem por volta de umas 20 opções diferentes) e tem um custo de vida extremamente baixo para alimentação. Ainda falando de congelados, uma pizza (feita no forno de pedra e congelada) de sabores variados pode custar de £1.50 a £3.00 . Carnes prontas e temperadas para assar ao forno ou micro-ondas variam entre £4.00 a £7.00. Vale lembrar que cada porção individual vem por volta de 500g. Carne congelada sem tempero, como peito de frango, carne moída, etc, em sua grande maioria é £5.00 o quilo, ou um quilo e meio.


Falando do básico do supermercado, arroz aqui se vende mais os pacotinhos de 1kg. A média de preço é de £0,45 (grão longo - ou como conhecemos: agulhinha) a £3,00 (basmatti entre outros tipos de arroz mais específicos). Feijão você geralmente compra em lata já cozido em água, a média de preço é de £0.30 a £2.00, assim como o preço de outros enlatados como milho em conserva, e também o molho de tomate (aqui eles vendem o tomate sem pele cozido enlatado). Extrato de tomate você compra em tubos (como pasta de dente) a partir de £0.25. Macarrão 500g você acha a partir de £0.20 de todos os formatos (spaguette, penne, gravatinha, etc). Pão de forma integral £1.00. Ovos 10 por £1.50. E por aí vai...


Agora dá pra entender o porque o custo de vida é tão baixo, né?! É porque aqui não se paga a quantidade de taxas que se paga no Brasil. Então uma pessoa que opta por trabalhar meio período (aqui se paga por hora trabalhada, ou semanalmente ou mensalmente) ainda sim tem uma qualidade de vida boa.

O salário mínimo aqui é de £6.25 a hora. O turno por lei exigido para tempo integral é de 40h semanais e meio período 20h. Mas se você quiser fazer mais horas do que isso, não tem problema, você pode assinar um termo isentando o seu empregador de reclamações por excesso de horas, te permitindo trabalhar mais se assim você desejar. O turno mais comum que eu vejo por aqui são de 48h semanais, totalizando £300 por semana. Se assim quiser, você também pode fazer contratos por poucas horas por semana. Vai da necessidade do empregador, e quanto tempo você está disposto a trabalhar.

Voltando aos tributos, aqui você paga taxa em cima do carro/moto mensalmente (começa por volta de 150 por mês de carro, mas vai diminuindo se você não tiver acidente, como um seguro e moto 90 e vai descendo também). Se eu não me engano essas taxas variam pelo tamanho do carro, por exemplo. Você paga também uma licença anualmente. A taxa da cidade, referente a coleta de lixo e manutenção é por volta de 120 mensal. 

Pode parecer um pouco "caro" mas levando em conta que você não paga taxa em cada balinha que você compra, o preço é justo e cabe dentro do bolso.

Saúde é GRATUITA. O NHS (National Health Sistem) nada mais é que uma cópia do SUS, mas com os recursos necessários para  atender a população. Aqui não se separa em um posto de saúde por região. Cada região tem vários GPs (General Pratice) e você se cadastra no que você se sentir mais confortável. Perto da minha casa com menos de 2 km de distância eu acho que tem por volta de uns 15 pra escolher, cada um com uns 3 a 4 médicos diferentes. Esse é o seu clinico geral, onde você terá todo o encaminhamento para os atendimentos específicos. Há também os Walk In Centre, que são lugares que você não precisa ter cadastro prévio, e é atendido na hora dentro do horário comercial. Geralmente nesses Walk In, é onde funcionam os programas de saúde sexual. Locais onde você vai  SEM registro no sistema de saúde geral em caso de estupro, na ocorrência ou desejo de marcar um aborto, pílulas do dia seguinte, exames para aids, clamídia, gonorréia, e outras DSTs, além do acesso a todos os métodos contraceptivos. O registro só vai para o sistema geral com a autorização do paciente. Isso ocorre pra manter a discrição, levando em conta que há pessoas de diferentes credos religiosos, ou familiares abusivos, podendo ser prejudicadas em alguns casos.

Em caso de atendimento fora do horário comercial, tem uma linha com médicos online, o qual você explica os seus sintomas, e se ele achar necessária uma visita, ele te encaminha pro hospital mais próximo com disponibilidade de te atender. Muito dificilmente você vai chegar num hospital sem encaminhamento e ser atendido, somente em casos de emergência.



#Mudando de Assunto!

Acho que já foi muita informação por hoje... se alguém tiver mais curiosidades sobre a vida por aqui, deixa aí sua sugestão. Lembrando que isso tudo que foi escrito é de acordo com a MINHA percepção morando aqui. Nada aqui escrito tem valor de documento. É simplesmente informativo, sujeito a mudanças.

Jô, eu vi a sua sugestão sobre os feriados, vou me informar melhor e faço uma postagem sobre. :)

Quanto  a dieta, até agora eu acho que tá tudo bem! Apesar do abuso programado da visita da minha amiga Fabi e sua família, que vieram pra provar a culinária do meu maridão, eu tenho mantido tudo dentro do meu limite estipulado. 
 Flores lindas e Desenho da Sienna em agradecimento por eu ter ajudado no Aniversário <3
 
Atividade física já passei do dia 35 do desafio de 60 dias, todos com pelo menos 25 min de esforço diário (a média é de 45min todos os dias).  O que acredito que tem melhorado minha qualidade de vida IMENSAMENTE! Mais fôlego, mais disposição... Agora é só perder peso!


Abraços! Até a próxima!






Comente com o FACEBOOK!

13 comentários:

  1. Poxa amei o post. Pq realmente pude aprender mais de um lugar diferente de forma tão detalhada. Um beijo gigante Deda e parabéns pelo esforço que tem tido no desafio. ♡♡♡♡

    ResponderExcluir
  2. ei!
    q legal estar morando em Liverpool! meu sonho é morar fora..ainda pretendo concretizar... sou doida pra conhecer Londres, principalmente Liverpool por causa dos Beatles! e bom saber essas dicas sobre aí..imagina q tudo era mto caro!! adorei saber q é o contrario!
    bom final de semana e vai sempre contando sobre sua vida aí e dicar sobre tudo aí do outro lado!!!
    bjos

    ResponderExcluir
  3. Caramba... que legal Deda. Precisei pesquisar o quanto vale aqui no Brasil a Libra Esterlina. £ 1 = R$ 4.85.
    Isso simplifica um pouco para mim e me deixa roxa de raiva o quanto gastamos com comida aqui no Brasil. Fiz as contas do total que gastei no mês passado só com comida e deu em torno de R$ 1.100,00. E isso uma vida sem luxo. Quase não entra carne aqui, comemos muito frango, peixe, arroz integral, iogurte light e muita fruta, verdura e legume. Um absurdo não? Fico imaginando como não é a vida de quem ganha salário mínimo aqui (por volta de R$ 750.00)... é revoltante!
    Mas a iniciativa do Reino Unido em baixar impostos para elevar a qualidade de vida é sensacional. Poderia ser copiada por aqui. Garanto que teria muito menos corrupção... mas esse aí é outro problema. Obrigada por dividir conosco seu dia a dia. Foco no emagrecimento. beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitas coisas, mesmo com a conversão de real pra libra, fica bem mais barato.
      Eu fiz uma lista de compra minha aqui, que eu gastei por volta de 15 libras no total, num supermercado do Brasil. A compra ficou por volta de 150 reais pelos produtos similares.

      Tipo uma lasanha de meio quilo, que eu pago 0.89 libras , no Brasil é por volta de 6 reais... ou seja é 7x mais caro!

      Excluir
  4. Deda, amei o post, to indo morar aí agora..kkkkkkkkk Vc foi pra estudar e ficou? Tenho vontade de fazer algo parecido e fiquei curiosa pra saber como tudo começou pra vc. Viver no Brasil fica cada vez mais caro e difícil, a vontade de ir embora aumenta a cada dia. Bem..um beijo bem grande e bom final de semana pra ti!!

    ResponderExcluir
  5. Nossa, vendo assim, somos mesmo de fibra para sobreviver com tanta má qualidade no Brasil! Somo guerreiros mesmo!! Tantos impostos e tão pouco retorno. Queria saber o que fazer para acabar com isso!

    Aiii amiga tb fiz entrevistas, mas não deu nada não. Estou começando a desanimar e tentar aguardar pq meu marido é militar então minha esperança é uma cidade melhor. Aqui são poucas vagas e o emprego não é lá essas coisas.

    bjusssss

    ResponderExcluir
  6. GOSTEI DEMAIS DO SEU POST DA ONDE VC MORA. MUITO MESMO.
    IARA.

    ResponderExcluir
  7. GOSTEI DEMAIS DO SEU POST DA ONDE VC MORA. MUITO MESMO.
    IARA.

    ResponderExcluir
  8. Amei o post!
    Muito bom saber mais sobre outros países do ponto de vista de quem reside nele!
    Como a qualidade de vida é melhor... como seria bom um pouquinho só disso aqui!
    Mas vamos sobrevivendo!
    Que bom que está firme no desafio! Fico feliz por você linda!

    p.s. Estou muito desanimada de postar no meu blogger. Mais amei receber um comentário seu.... ôh!!!! Que fofo da sua parte! Senti-me muito bem! Obrigada! Vou ver se animo e posto sobre o que está rolando em minha vida.

    Abraços.
    E faz mais post assim também!

    ResponderExcluir
  9. Nossa que legal e como tem sido a convivencia com os vizinhos?

    ResponderExcluir
  10. Aii, que saudade de Liverpool :) Melhor cidade do mundo!
    Eu morava pertinho de um Tesco e era tudo tão barato! Quando eu tava na correria de ter aula de manhã e de tarde eu podia ir no mercado e encontrar muitas opções (saladas, sanduíches, sopas). Fiquei muito surpresa com o imenso número de opções vegetarianas que eu tinha! Eu saia muito pra comer fora à noite, o que daí não era tão barato. Comprei muitas coisas naquelas lojas de one pound.
    Eu precisei ir ao médico duas vezes em Liverpool (em menos de um mês). Eu fiz seguro-saúde no Brasil, antes de ir pra lá. Na primeira, marquei e fui no medical center normal (tinha a pharmacy do lado, já comprei o antibiótico na hora e tudo). Na segunda vez, passei tão mal (tive gastroenterite) que eu não conseguia levantar da minha cama pra pedir ajuda, tive que ligar e pedir pro plano brasileiro um médico que fosse até o meu flat. Não tinha nenhum disponível. Quando o meu namorado chegou do trabalho ele me levou em um hospital (tipo SUS, como tu disse), foi super rápido, tranquilo e gratuito. Fiquei super surpresa porque imaginei que eu ia esperar muito tempo lá e ia pagar super caro. Ah, e a questão da segurança... nossa, que sonho poder sair sem medo. Muitas vezes fui pro Cavern Club depois das 22h sozinha, caminhando à noite. Outra coisa que gostei muito de Liverpool é que as pessoas te atendem super bem nas lojas (independente se tu vai gastar 2 ou 200 libras). Questão de educação então... o jeito que as escolas funcionam na Inglaterra é impressionante.
    Tudo isso me fez comparar o Brasil e a Inglaterra (não para julgar e dizer que "qualquer lugar é melhor que aqui"), fiquei realmente triste em ver que é possível que as coisas deem certo, mas elas não dão por aqui.

    ResponderExcluir
  11. mas nao perca o folego, porque você vai conseguir

    ResponderExcluir

Obrigada por me acompanhar! Se seu blog não estiver nos meus favoritos, me avise! Juntos em busca de uma vida saudável! =)