domingo, 7 de junho de 2015

Aquela ansiedade...

Oi gente, como estamos!? Por aqui tudo vai bem... apesar do desabafo abaixo...

Faltam 3 dias pra minha pesagem, na verdade com hoje faltam só mais 2. E eu fico num medo de estar fazendo algo errado. Eu não faço uma "dieta". Eu como de tudo e quando acho que devo. Eu não sei fazer dieta. Se me dissessem que eu estou doente e seria uma necessidade, com certeza eu a faria, mas enquanto eu tenho a minha saúde (coisa que mesmo em meio a obesidade eu nunca deixei de ter) eu não vejo o porque de me privar de certos prazeres. Minha alimentação desde sempre foi composta de vários elementos que nunca me deram colesterol, problema de pressão, entre outras coisas. Quando criança se eu assistia Marinheiro Popeye era certeza que ia ter espinafre na salada, se fosse Pernalonga, minha mãe já dava uma cenoura na mão pra assistir comendo. Em meio esses truques e convencimentos eu aprendi a adorar fígado, quase todo tipo de salada, comer bastante fruta (cresci que nem uma macacaquinha em cima de arvore, tinha um pomar imenso no quintal de casa). Isso foi o que me garantiu os níveis controlados em tudo. 

Eu engordei por causa de massa. Principalmente macarrão. Arroz também é outro que eu tenho o costume de exagerar. Quando a minha vida desandou e eu comecei a engordar, o mais comum pra mim era jantar macarronada ou um risoto. O que fosse mais rápido de fazer, já que eu vivia no quarto sem querer contato com ninguém. O almoço tinha uma moça que fazia, e obrigatoriamente almoçávamos juntos. Ou eu esquentava as sobras correndo no microondas e corria pro quarto, sem dosar quantidade.  E assim foram 10... 20...30...38kg... de 60 a 98... em 5 anos...

Não é porque eu não sei comer, eu como muito bem, sempre tive e gostei de coisas saudáveis na minha alimentação. A questão é que eu me isolei e passei a comer sentimentos trancada no quarto. Acho que não é segredo pra ninguém que eu não tenho contato nenhum com meus familiares, só com meu pai. Fora que eu, apesar de toda admiração que eu tenho por pessoas que tem disciplina, não tenho nenhuma. Eu sou desorganizada, bagunceira, e nunca cozinhei só pra mim. E eu gosto de comer coisa gostosa! Se você olhar no meu cardápio sempre vai ter macarrão, arroz e feijão, pizza, etc. Por isso que eu falo que eu não sou exemplo pra ninguém. 

Eu funciono em compensações. Quero comer uma pizza,  eu vejo as calorias e trabalho o resto do dia inteiro pra esse alimento caber dentro dele. Se me perguntarem se tem alguma coisa em que eu sou organizada eu te falo que esse é o meu talento: dar um jeito de comer o que eu gosto sem que dê prejuízo. Além de que como boa brasileira eu sou fã de um churrasco e uma cerveja. E não abro mão de jeito nenhum! Acho um pecado não comer e beber bem! Odeio desperdício, faço tudo na conta, mas sou grata pela oportunidade de provar novos sabores por onde eu vou. 

A minha conclusão é que eu não to aqui pra tentar ser "musa fitness". Os meus cardápios dificilmente vão dar um shape legal pra alguém. Eu quero ser saudável na beira da normalidade. Cresci na era do É o Tchan, Tiazinha e Feiticeira antes de virar fisiculturista. Meu exemplo de beleza é mulherada cheia de curvas. As mulheres dos anos 80/90... Melhor ainda, as PinUps! Eu não me vejo com barriga tanquinho. Não me vejo nem magra demais! Me vejo com 57 a 60kg, cabendo num manequim 40 feliz da vida.

Estilo a Diva Marilyn Monroe... Pra quem não sabe, o manequim dela era 42 xD



Se eu ficar assim, eu tô feliz da vida! Sei que não sou alta como ela (ohhh meu 1.50 de altura) mas se eu conseguir usar um vestido e não ficar uma barriga muito saliente, pra mim tá tranquilo!

As medidas dela eram 94 de busto, 58 de cintura (ahhh corpetes!), e 92 de quadril (nem tá tão longe assim dos meus 113!) Dá pra ver bem nesse filme que ela tinha uns bracinhos mais cheios, um quadril mais farto... E era linda demais!


Até dia 10! Eu volto com as minhas medidas do mês, meu peso novo (se tudo der certo) e um ótimo humor se eu tiver mais magra... kkkk 

Abraços!






Comente com FACEBOOK!

8 comentários:

  1. Certissiiimaa.... o nosso maior problema nao é comer, é exagerar e nao fazer atividade fisica.
    Espero ansiosamente pela sua pesagem e medidas!! Forca! Vc consegue!!

    Bjoo
    Bruna

    ResponderExcluir
  2. Olá Andreia! Acabei de conhecer teu blog e achei interessante a tua história, teu jeito de querer emagrecer! Eu também tenho um blog que estou retomando depois de um tempo parado... ele me ajudou bastante a perder os 20 quilos que eu queria jogar fora, mas acabei achando 09 de volta.... estou tentando voltar ao foco para chegar onde quero!
    agendafocoecozinha.blogspot.com.br

    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Eu já tive a minha fase de querer ser magricela puro osso (vê se pode!). Cheguei a pesar 61 kg pros meu 1,77 de altura. Eu tinha uma aparência de doente e me achava gorda... que loucura, né? Hoje eu acho tão lindo mulheres com curvas. Gente, não é preciso ser magra pra ser bonita! Eu sempre falo isso pras minhas amigas que ficam reclamando do peso (e são liiindas, independente do manequim). Eu não me vejo mais pesando menos de 70kg.

    Boa sorte e continua com essa dedicação!

    ResponderExcluir
  4. Nossa Andreia é exatamente isso que eu quero pra mim, nunca fui e nunca passou em minha cabeça ser uma magrela, ainda não estou como gostaria mas bem melhor que antes talvez por isso que não esteja conseguindo eliminar mais e chegar onde realmente planejei 60 quilos para mim me sentiria uma modelo...rsss, como você eu também sou baixinha 1,55, vamos em frente...bjs

    ResponderExcluir
  5. bem isso!
    Cada um tem que encontrar seu proprio estilo e não entrar em modinhas fitness.
    Nada contra quem só come batata doce com frango e passa suas horas de folga na academia, mas prefiro tb comer uma pizza AS VEZES e passar minhas horas de folga namorando, heheh. Claro que não é sempre que devemos exagerar na baixa qualidade do alimento, mas acho demais dizer que NUNCA pode...

    bjuu

    ResponderExcluir
  6. A única coisa que não tem compensação nesta história é ficar alucinado por algo que nem é sua vontade. Você está certa em querer o que é belo para você. Parabéns pelas colocações.

    ResponderExcluir
  7. Oi Deda! O importante eh nos sentirmos bem e principalmente estarmos buscando ser mais saúdaveis e não nos importar com esses padrões que tentam nos impor.
    Beijos
    :*

    ResponderExcluir
  8. Vamos lá, então, amiga, prossiga !

    ResponderExcluir

Obrigada por me acompanhar! Se seu blog não estiver nos meus favoritos, me avise! Juntos em busca de uma vida saudável! =)