quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Aquela sensação que vai ficar tudo bem...

Oi gente, como estamos?!
Por aqui? Tudo indo! Eu acho.

Bem, a gripe me deu uma folga, mas a garganta ainda tá inflamada. Tô vivendo a base de chá e sopa, ainda. Mas pelo menos ando conseguindo dormir bem, a noite toda. Antes eu tava acordando com o nariz trancado sem respirar. Tava exausta, manhosa, mole... Agora já to com meu ânimo renovado. É chato sentir a garganta incomodando, mas... pelo menos todo o resto tá ok. Sem tosse seca, sem dor de cabeça, sem engasgar.

Eu to decepcionada comigo quanto a atividade física, essa semana já fiquei um dia sem fazer, e me senti muito mal, porque parece que eu to "malandrando". Mas foi necessário o meu repouso. Fiquei em casa, em baixo das cobertas o dia inteiro, tomando sopa, remédio, xarope, tentando tirar esse muco todo das vias respiratórias. A questão é que aqui tá entrando o outono. E quando venta, venta pra valer. Não sei se vocês já ouviram falar o quanto o tempo aqui é "bipolar". Um dia tá um sol lindo, outro dia nublado, chovendo, com ventos frios. Ontem a temperatura tava 16º graus com sol, sendo a mínima 10. E foi nublado o dia todo. Meu marido me deixou de "castigo", e falou que não era pra eu sair de casa por conta do clima. E fez toda a diferença. Hoje eu to bem.

O dia hoje estava bem ensolarado apesar do vento frio. O truque é sempre usar roupa de manga e cobrir o pescoço. Fui pro meu novo trabalho e to amando. Esse é meu segundo pupilo. Um bebê. Só começo mesmo em novembro, mas a mãe dele quer que eu já comece indo pelo menos 1x por semana pra ele se adaptar comigo. Hoje botei ele pra dormir 2x, dei mamadeira! Ahhh foi tão bom. Uma família maravilhosa que me tratou super bem. Amanhã é o outro que eu já comecei semana passada. Esse vai ser 2x por semana sempre, e alguns dias extras quando a mãe precisar. 

Mas sabe, eu to com usa sensação gostosa de estar rodeada de pessoas boas, de alma leve. Estou começado a amar cada dia mais a vida que eu tenho levado por aqui. Meu marido eu não preciso nem falar o quanto eu sou apaixonada e o quanto ele me trata bem. Me cuida... 

É que eu tava desacostumada. O único exemplo que eu tenho tido nos últimos anos antes de mudar pra cá é de como as pessoas gostam de humilhar e destruir as outras. O quanto mais alguém te ajuda, te faz bem, quer seu bem, mas o outro tinha prazer de colocar essa pessoa pra baixo. Eu cresci nesse meio, sabe. Onde as pessoas só valorizam quem a destrata. É doentio. Parece que quanto mais na pior o outro está, mais prazer a pessoa tem. Foi assim comigo, e ainda é assim com meu pai. Sinceramente não sei como ele aguenta e tem tanta paciência. Eu já tinha mandado a "m#$%" ! Alias, eu já mandei. Graças a Deus esse povo doente que tem prazer em humilhar os outros não faz mais parte da minha vida. Gente que te usa, que te pede "favores", mas quando é a hora de fazer o certo, agir certo, finge que nada está acontecendo. E o pior é se fazer de desentendido. Nossa, isso é o que me irrita mais! A pessoa sabe. Mas age como se tivesse tudo certo, afinal, ela vai parar com o prazer doentio de fazer mal ao outro?! JAMAIS! Vai resolver as coisas? Nunca! E o pior é ir na Igreja, no centro, fazer caridade pros outros... Lindo, pra fingir que tem alguma consciência... mas como se diz "Mateus, primeiro os teus". Essa filosofia não existe na familia distorcida que eu deixei pra trás. 

Cuidando de criança eu tenho pensado muito sobre familia, filhos, e o que eu gostaria que eles tivessem, pra onde fossem. Se Deus o Livre algo acontecesse comigo e o meu marido, e meus filhos tivessem que voltar pro Brasil, meu único desejo é que eles nunca tivessem contato com essa família que eu deixei pra trás. Eu não faço parte deles, não sou como eles, e minha única vontade é que meus filhos jamais aprendam esses valores tão horríveis. Única coisa que eu peço em oração todo dia é que Deus me dê uma vida longa ao lado do meu marido, pra gente criar a nossa família aqui, longe de tudo, ensinar aos nossos futuros filhos que eles podem confiar, contar com os pais. Que eles importam, e que jamais eu vou deixar ninguém feri-los, humilha-los e sair impune. Eu vou lutar por eles e considera-los. Que é errado fazer o outro sofrer, mesmo que você simplesmente possa. Que você deve ser grato as pessoas que te ajudam. Principalmente quando na hora que tudo aperta essa é a única pessoa que você pode contar verdadeiramente. Que dinheiro e sobrenome não importa. O que importa é determinação, compaixão, companheirismo. E se uma pessoa te oferece isso, mesmo depois de algum mal entendido que vocês tenham tido por seja lá qual razão, você deve respeitar ao máximo, tratar com dignidade, e jamais feri-la novamente.

Mas to divagando demais...
Esse blog é pra ser sobre emagrecer, certo?!

Que venha a pesagem dia 20! Abraços!








Comente como FACEBOOK!

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Pesagem do dia 10! Ausência, mudanças...

Oi gente, tudo bem?! 
Aqui tá tudo mais ou menos. Pedir desculpa pela minha ausência no blog de vocês. A gripe me pegou com força. Fiquei de cama esses dias, acabei nem passado por aqui pra contar a quantas anda o #Desafio60Dias. Pela primeira vez eu falhei com as atividades físicas. Fiquei 2 dias sem fazer na semana passada devido ao cansaço e inicio da gripe. Já essa semana apesar da moleza,  precisei sair pra ir no supermercado, entrevista de emprego, entre outras coisas, então não foi totalmente perdida. Mas isso é pra próxima segunda feira.

Mas vocês me leram bem, ENTREVISTA DE EMPREGO! Essa semana eu começo uma jornada nova. Ainda vou manter o emprego antigo, mas o meu objetivo desde que eu me mudei pra cá era seguir a linha de "ChildCare", sendo babá. Eu sou apaixonada em criança, sempre fui. Daí surgiu uma oportunidade aqui pertinho de casa, 2x por semana e eu topei. Tô muito feliz porque é um emprego que pra mim eu vejo como diversão, apesar da responsabilidade, é claro. Não dá pra contar muito devido a privacidade dos clientes. Mas vou dizer que eu gostei bastante das duas famílias que eu conheci ontem. Sim, 2! Tem um previsto pra começar em novembro, dedinhos cruzados. 

Tá vindo uma onda de mudanças boas pra mim e eu to muito feliz! E o mais legal dessas oportunidades aqui pertinho de casa é que me forçam a caminhar todo dia por pelo menos 30min. Ou seja AF garantida.To aqui ansiosa! Hoje eu já começo! Depois eu conto se deu tudo certo.

Quanto ao peso, vou dizer que não mudou em nada. Ainda os mesmos 79.5kg. Por conta da gripe eu acabei me alimentando com mais "sustância" esses dias. Muita sopa de legume, caldo de feijão... Coisas que me dessem força sabe. E por essa semana ainda vai continuar assim. Minha garganta continua inflamada e o corpo dolorido. Se não fosse pela oportunidade que não pode ser perdida, eu nem trabalharia esse fim de semana.

Quanto as medidas eu vou pular dessa vez. To mole, não sei onde está a fita, e to me sentindo inchada (tô manhosa mesmo... kkkk). Quando eu melhorar, tiver pra cima ai vale a pena.... deixa pro dia 20! kkk esse mês vai ficar diferente.

Bom só passando rapidinho pra deixar um abraço, falar que no sabado eu to "livre" e vou poder conferir o que anda acontecendo com vocês, retribuir as visitas. Mais uma vez desculpem-me a ausência. Trabalho + Cansaço + Infecção de Garganta e Gripe... Essa combinação é cruel! Beijinhos!







Comente com o Facebook!